terça-feira, 12 de abril de 2016

Conheça o festival gastronômico chinês onde a principal atração é carne de cães


O festival de carne de cachorro de Yulin, onde cerca de 10 mil cães são abatidos para serem servidos aos visitantes, muitas vezes é erradamente encarado como uma antiga tradição chinesa. Os estimados 130 milhões de cães da China, pelo menos 27 milhões são animais de estimação urbanos. Como os jovens precisam se mudar para as metrópoles em busca de melhores oportunidades, acabam encarando os animais como companhia na ausência da unidade familiar.

Com o novo vínculo, esta nova geração de chineses veem cães e gatos como indivíduos merecedores de compaixão. Mais importante, eles são encarados como amigos, e não como comida. O comércio de carne de cachorro é uma séria ameaça para a saúde humana, e as autoridades chinesas têm todos os motivos para estar do lado dos defensores dos animais, já que o país tem a segunda maior incidência de raiva em humanos do mundo.

Neste ano, centenas de tuítes têm sido postados usando a hashtag #StopYulin

Eles dizem que o comércio de carne de cão é ilegal, não regulamentado e cruel. Muitos afirmam que os animais abatidos são bichos de estimação roubados ou animais ‘vadios’ e doentes.

Uma das vozes mais fortes é a do grupo americano de defesa dos animais Duo Duo (que já recebeu mais de 215 mil assinaturas) pedindo o cancelamento do evento. 

Mesmo com todas essas petições, o evento ocorreu de qualquer maneira.

Aviso: O conteúdo desta matéria pode ser forte para pessoas sensíveis




Vídeos

Um grupo de pessoas que se manifestavam contra o festival foi disperso por desconhecidos: “Estes cães e gatos são roubados, não podem cometer este crime contra os animais e contra a segurança alimentar. As autoridades, em vez de fazerem o que devem, tiram-nos as nossas faixas”, queixa-se uma manifestante. 

Apesar da aparente crueldade que envolve esta celebração, há quem defenda o festival: “Não há lógica nenhuma em proibir. Você come bifes. Se fizessem uma lei a proibir comer bifes, acharia bem?”, Pergunta um vendedor de cães.

video


video


video



Imagens









Uns dizem que é tradição, outros que é crueldade, mas sinceramente, o que você sente ao ver esses vídeos e fotos? Qual sua opinião perante tal festival?


Adaptado por David Alves Mendes de Isso é Bizarro

Nenhum comentário:

Postar um comentário