quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

A Bruxa de Blair: O Livro das Sombras




O filme é a sequência de A Bruxa de Blair, foi lançado no final de 2000 e dirigido por Joe Berlinger, e trás o delírio do pesadelo da antiga floresta habitada por forças ocultas, desta vez os personagens já sabem o que vão enfrentar, porém quando tudo parece estar fora de controle, eles percebem que é algo muito maior do que pensavam.

Totalmente trash, com cenas de muito sangue, delírios de medo, pesadelos, visões, trazendo à tona novamente toda a angústia, dúvidas e receio dos personagens do primeiro filme.

Sinopse




A abertura do filme tem início com uma música do Marilyn Manson, pra agradar logo de cara o público.

Tudo começa nos dias atuais na cidade de Burkittsville, Maryland, um grupo de jovens cineastas viajam para uma floresta, em busca de rodar um documentário sobre uma força maligna chamada "Bruxa de Blair". Eles acampam perto da base que foi a casa de Rustin Parr, o eremita que foi enforcado pelo assassinato de sete crianças, um crime que deu início ao projeto "Bruxa de Blair".

Na manhã seguinte, os viajantes acordam sem terem se lembrado de como e a que horas haviam se deitado. Quando voltam para a cidade, estranhos eventos acontecem. Símbolos começam a aparecer em seus corpos, crianças choram à noite, visões arrepiantes confundem os olhos. Aí eles percebem que talvez não tenham deixado a floresta sozinhos.

O sucesso do filme fez com que uma grande indústria de turismo fosse criada em torno de Burkittsville, onde o videotape fora rodado. Com isso, um empresário local criou a "Caça à Bruxa de Blair", uma excursão repleta de aventura em plena floresta onde o primeiro filme fora rodado, em que os interessados em participar devem se inscrever pela internet. Entretanto, quando os primeiros turistas chegam ao local, bruxaria, fatos bizarros e assustadores começam a ocorrer de forma descontrolada, fazendo com que todos tentem de qualquer maneira escapar da floresta e da maldição da Bruxa de Blair.

Confira abaixo o trailer do mesmo na pior qualidade que possam imaginar.





O filme trás muitas temáticas e referencias, como à bruxaria, os símbolos, feitiços, as cenas ritualísticas e os acontecimentos cronológicos relacionados a uma única noite de diversão e louvor ao oculto que os jovens jamais esquecerão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário