quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Vigésima oitava tatuagem - "Olhos do Medo"

Uma das coisas mais difíceis de se decidir é um desenho exato para uma tatuagem, isso pela grande variedade de opções, sendo usados estilos tradicionais de tatuagens junto da criatividade do tatuador e a imaginação do "tatuado".

Geralmente vejo diversas imagens e esboços de tatuagens por aí na web e salvo todas que me atraem, daí com atenção analiso todas, escolho uma, calculo as medidas e vejo o melhor lugar a ser tatuado, depois disso levo a ideia para o tatuador que preparará tudo, aí é tinta na epirderme e dor na pele.


Hoje decidi me tatuar mais uma vez, o desenho usado como modelo foi o da imagem acima.

Foi pouco mais de uma hora de não exatamente uma dor, porém um ardor intenso do atrito das agulhas na pele. É como aquele ditado: "Sem dor, Sem conquista".

Como a pele da mão é mais sensível que as outras partes do corpo, é preciso trabalhar com calma e tomar cuidado com a cicatrização para um bom resultado. Só apenas após toda a região tatuada cicatrizar (o que leva por volta de uma semana) será possível fazer retoques ou acrescentar mais detalhes.

Eis o resultado da minha tattoo, rabiscada pelo tatuador Geovane Alves do estúdio Arte Tattoo (Itapipoca - CE).

Clique aqui para conferir a foto no Facebook

Sintam-se a vontade para se expressar, argumentar ou tirar dúvidas comentando logo abaixo.