quarta-feira, 8 de julho de 2015

Estou aqui para fazer um pequeno relato no meio do terror na internet, especificamente sobre um blog, o Medo B. Esse foi um dos blogs modernos que acompanhei por muito tempo, acompanho faz mais de cinco anos, talvez um dos meus favoritos (acompanho muitos blogs e sites, é difícil apontar um melhor).

Porém a arrogância é muito grande, existe um grupo do blog no facebook onde as pessoas compartilham conteúdo de terror. Uma das regras do grupo é não divulgar outros blogs, não sei o motivo, afinal, os grandes deveriam ajudar os pequenos, mas enfim, constantemente compartilho algumas matérias do blog em tal grupo questionando as pessoas sobre o assunto da mesma (na maioria das vezes filmes), porém dessa vez em que compartilhei uma matéria sobre o filme [REC], abordado na postagem anterior, fui banido e removido do grupo sem um porquê ou razão.


Inúmeras pessoas compartilham imagens, vídeos e diversas coisas relacionadas ao horror em tal grupo que não são tão relevantes assim, e quando eu decido levar algo mais concreto, algum administrador resolve me remover, e lembrando que eu não estava divulgando o Mortalha, apenas compartilhei uma matéria do mesmo.


Sem mágoa ou rancor, as pessoas são assim, porém o mundo sempre dá voltas, enquanto procuro ajudar a divulgar o máximo possível blogs parceiros e menores que compartilham da mesma paixão que eu (o horror), outros preferem ter a arrogância de menosprezar o trabalho alheio.


Não culpo o Medo B, como sendo um artista, não busco difamar ninguém e nem pretendo, o mesmo é um ótimo blog e não deixarei de acessá-lo por causa disso, porém algumas pessoas precisam rever seus conceitos. Não é questão de estar certo ou errado, é questão de ter bom senso.


Continuarei postando e trazendo conteúdo para vocês, e o Mortalha sempre estará de portas abertas a todos que quiserem parceria, divulgação e tudo mais, afinal, é bom gostar de algo, porém é melhor ainda saber que existem pessoas que compartilham esse mesmo gosto. 


Lembrando que se não fosse assim, não haveria público para nosso conteúdo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário