quarta-feira, 8 de julho de 2015

Doce Vingança




















Doce Vingança (no inglês, I Spit on your Grave) é um daqueles filmes repleto de violência, sangue e tortura, esses são os três gêneros que mais se encaixam na trama. Os dois filmes seguem o mesmo estilo, a única diferença é que o segundo possui bem mais crueldade que o primeiro.

Em ambos os filmes você vê cenas de estupro, com a diferença que no primeiro não conta com o sadismo do segundo, enquanto no primeiro filme você confere cenas como pessoas morrendo com ácido, no segundo você confere pessoas morrendo eletrocutadas até fritar (literalmente).




Sinopse:

Doce Vingança




Jennifer Hills é uma jovem escritora, que resolveu ir para uma sossegada cabana na mata com o objetivo de escrever seu novo livro. Sua presença logo é notada em um pequeno vilarejo próximo, o que faz com que alguns moradoress resolvam lhe pregar um susto. A brincadeira vai mais longe do que deveria e faz com que Jennifer passe por atos de humilhação, incluindo tortura física e psicológica (estupro). A reviravolta começa quando ela consegue escapar e, a partir de então, concentra todo seu tempo e forças para planejar sua vingança.







Doce Vingança 2





A jovem e bela Katie sonha em conseguir seguir a carreira de modelo em Nova York. Sem dinheiro para pagar uma sessão com um fotográfo profissional, ela vê um anúncio de um homem que tira fotos de graça. Mas a inocente sessão acaba culminando na jovem sendo estuprada, humilhada, drogada e sequestrada. Ela acorda em outro país, mas, ao tentar escapar, é enterrada viva. Apesar de todas as propabilidades contra ela, a jovem sobrevive. E agora, Katie vai buscar uma brutal vingança contra aqueles que tanto a machucaram.






 
Esses são bons filmes para assistir em uma madrugada qualquer com os amigos (no meu caso assisti ambos com minha mãe), para quem gosta de filmes com bastante sangue é uma ótima opção, e no final você ainda sente aquele gostinho de vingança.

















Afinal das contas, as vezes a vingança mesmo que fria, é doce.

Nenhum comentário:

Postar um comentário