sábado, 8 de outubro de 2016

16 Sinais que mostram que somos todos escravos



São muitas as teorias que podemos encontrar na internet sobre controle populacional e mental, facilmente damos de cara com centenas de informações sobre esses tais controles, o que é difícil mesmo é aceitar determinados fatos como verídicos e deixar de se considerar em seu próprio controle.

Primeiro por razões óbvias, é incrível o poder do ser humano de percepção, porém o fato de ele não enxergar algumas coisas que estão diante de seus olhos, o tornam mais intrigante ainda.

A sociedade modela muitas marionetes como bem entende no dia de hoje, e certas pessoas são tão alienadas, que facilmente podem ser manipuladas, com a crescente taxa de informações aumentando à cada instante, faz assim surgir a cada momentos novas ideias e fluxos de pensamentos não existentes até ali.

Ao ler a matéria a seguir, reflita sobre os fatos e pare para pensar: 

"O que significa liberdade hoje em dia?"


1. Você paga os impostos para as pessoas que você gostaria de ver presas

Este é talvez o maior indicador de que somos escravos do sistema. A noção tradicional de escravidão evoca imagens de pessoas com grilhões forçados a trabalhar nas plantações para apoiar proprietários ricos de plantações. 

A versão moderna deste é tributação forçada, em que os nossos rendimentos são automaticamente encaixado antes de nós vermos o dinheiro, independentemente de aprovarmos ou não a forma como o dinheiro é gasto.



2. Você vai ao médico, mas você ainda está doente

Cuidados médicos modernos, no que diz respeito ao progresso científico, tornaram-se cuidados da doença, onde raramente somos aconselhados a comer bem e a cuidar da nossa saúde física e mental, mas em vez disso são rotineiramente aconselhados a consumir medicamentos e procedimentos caros que são empurrados pelo sistema com meros fins lucrativos de saúde.



3. Escolhas políticas

Você escolheu partido A ou B e discute com seus amigos, familiares e colegas de trabalho sobre política. Isto é o que a estratégia de controle de "dividir e conquistar" se parece em nossa sociedade. Ambos os principais partidos são corruptos, e os candidatos independentes, geralmente de partidos pequenos e com ideias consideradas malucas, não são sequer autorizados a participar em debates públicos. Crendo em uma dessas partes e queimando a sua energia pessoal discutindo com outras pessoas comuns que você está entregando a sua alma à matriz, e fazer a sua parte para garantir que "nós, o povo" nunca estarão unidos contra a corrupção.



4. Escravos do dinheiro

Você trabalha duro a fazer algo que você odeia para ganhar seu dinheiro . Trabalho é importante e dinheiro paga as contas, no entanto, muitas pessoas perdem os melhores anos de suas vidas fazendo coisas que odeiam, apenas por dinheiro. A verdade sobre o dinheiro de hoje é que não temos dinheiro, mas em vez disso, moeda inflacionária fiduciária, que é de propriedade privada e manipulada. Como ainda é necessário para sobreviver neste mundo, o melhor é que você tem mais valor para o seu tempo fazendo algo que você gosta ou trabalhando com pessoas que você não despreza. Viver com menos dinheiro é mais fácil do que nós acreditamos que precisamos, só temos de estar dispostos a ir contra a corrente para perceber isso.

Funciona mais o menos assim: Você tem um trabalho que você odeia, o que acaba te deprimindo, mas que paga o suficiente para suprir essa sua depressão com bens de consumo que você julga indispensável de conforto, como eletrônicos, roupas de marcas, perfumes caros, etc. Quanto mais você trabalha, mais deprimido você fica e mais você consome produtos "indispensáveis" para compensar sua depressão, o que leva a uma espiral infinita. Raramente consegue-se sair desse ciclo vicioso.



5. Financiando seus sonhos

Esse ponto é quase uma extensão do tópico anterior. Você está disposto a acumular dívida pessoal para financiar a aquisição de um estilo de vida orientada para o consumidor. Cada vez que um cartão de crédito é passado ele cria dígitos sobre os balanços dos bancos que estão mais envolvidos com o saque financeiro do mundo de hoje. Esses dígitos são, então, multiplicados eletronicamente pelo sistema de reservas fracionárias, o que aumenta exponencialmente o poder destas instituições. Para participar neste esquema, e concordando em pagar esse dinheiro falso de volta com juros, a fim de manter um certo estilo de vida, é um forte indício de que você é obrigado por um dos principais dogmas da nossa sociedade - o consumismo.



6. A TV nos diverte ou nos controla?

Você conversa com pessoas reais sobre os acontecimentos em curso de programas de TV. A televisão é a ferramenta mais potente usado para o controle da mente, e a "programação" que está disponível, embora certamente legal, divertida, ou de entretenimento, é voltado para reforçar certos comportamentos entre as massas. Dramatizar a importância do ego, sobre sexualizar tudo, glorificando a violência, e ensinar a submissão à autoridade falsa são as principais características da TV moderna. Ao tomar o que está acontecendo na tela e tornando-se uma parte de sua vida real, você está fazendo o seu trabalho de apoiar o desejo da matriz para nos confundir sobre a natureza da realidade, provando que algo não tem que realmente acontecem em ordem para que ele parece real para as pessoas.



7. Todos estamos sendo vigiados

Se não te incomoda que alguém, em algum lugar, trabalhando para alguém está te observando, ouvindo suas conversas, e monitorar seus movimentos, então, você é um bom escravo para a matriz. Vigilância invisível é uma forma insidiosa de controle do pensamento e, ao utilizar a lógica do 'eu não tenho nada a esconder, por isso, ele vai me fazer nenhum mal a ser vigiado ", então você está estupidamente admitir que você tem um mestre terrestre e não é soberano da mente e do corpo.



8. O poder das armas manda

Você acha que o mundo seria mais seguro se apenas os governos tinham armas. Este é um mundo violento, e os criminosos se envolvem na criminalidade contra pessoas honestas em todos os níveis da sociedade, inclusive de dentro do governo. Claro, em um mundo perfeito, as armas não seriam necessárias para ninguém, mas, infelizmente, o nosso mundo está longe de ser perfeito, e as armas de fogo são de fato uma forma muito eficaz de proteção contra criminosos comuns e os governos abusivos igualmente. A vontade de renunciar o seu direito à auto-defesa é um sinal de que você relegado responsabilidade pessoal de alguém. Tendo as massas abdicar da responsabilidade pessoal é um dos aspectos mais importantes de os controlar.



9. Bebemos veneno conscientemente

Você bebe conscientemente água fluoretada. Entre todos os debates de saúde que ocorrem hoje, o tema da água fluoretada é o mais fácil de entender, pois é um subproduto tóxico de um processo industrial, ou seja, veneno. A água é supostamente fluoretada para ajudar na saúde bucal, o que é discutível em si, mas se fosse assim, então a fluoretação involuntária de água da rede pública é um medicamento sem o seu consentimento, uma forma de escravidão. Sabendo disso e continuar a beber água fluoretada é um sinal de que você está satisfeito com sua escravidão à essa sociedade moderna.



10. Nós também comemos veneno

Você conscientemente consome venenos tóxicos como o glutamato monossódico e aspartame. Estes dois produtos químicos são amplamente conhecidos como sendo tóxicos para o corpo humano. Mesmo sabendo disso continuamos a nos envenenar com os saborosos alimentos processados industrialmente e ricos em substâncias citadas acima, deixando claro que estamos muito bem programados a dar menos valor a nossa saúde, respondendo a uma gratificação imediata: comida saborosa e de fácil e rápido preparo.

Esse tipo de alimento acaba consumindo menos tempo da gente, o que nos permite realizar várias atividades em horários que seriam destinados ao almoço. Ao mesmo tempo esses alimentos nos envenenam e nos fazem ainda mais dependentes do sistema de saúde. Lembra do segundo sinal?"



11. Estamos sendo drogados

Você depende do complexo industrial farmacêutico para a gestão da sua própria saúde mental. O uso de medicamentos psicotrópicos está aumentando rapidamente em nossa sociedade, porque as pessoas foram convencidas de que os estados mentais e emocionais podem ser classificadas como doenças, enquanto que a verdade sobre saúde mental natural tem sido ofuscada pela mídia corporativa e uma instituição médica com fins lucrativos. 

Se você está tomando medicamentos psicotrópicos, então você está sob uma das formas mais poderosas de controle da mente disponíveis. Parte deste controle é convencê-lo de que você não tem nenhuma autoridade sobre sua própria mente. Este é talvez a mair terrível mentira do sistema, e pela boa vontade de tomar estes medicamentos psicotrópicos que está em conformidade com o pior tipo de escravidão, e inibindo suas respostas mentais e emocionais naturais para as pressões da vida que estão sinalizando a você que você precisa mudar seu comportamento e hábitos.



12. A mídia controladora

Você ainda não parou de assistir sua programação de notícias local e nacional. A mídia mainstream é uma ferramenta de controle e manipulação, e, continuando a apoiar as suas ideias e visões de mundo, dando-lhes a atenção que você está oferecendo-se para ser um escravo a esta forma não tão sutil de programação mental. Mesmo as notícias locais são roteirizadas em nível nacional por agentes de um punhado de corporações com a tarefa de formação de nossas opiniões dos eventos.

Lembram dos protestos contra a copa do mundo que aconteceram em 2013 e de como a mídia reagiu a tais protestos no início?!




13. As distrações são mais importantes

Você está mais preocupado com o esporte na televisão ou outras distrações irracionais do que você é com a qualidade do seu ambiente natural. Eventos como o sacrifício da Amazônia e Fukushima são eventos que podem afetar seriamente o nosso futuro no planeta Terra. Mas acabamos mais interessados em competições esportivas e outros tipos de distrações, o que nos mostra que nosso senso de auto-preservação foi roubada. 

Muitas vezes acreditamos que nada que fizermos pode mudar o curso de problemas de ordem mundial, e acabamos acreditando que outras pessoas se envolverão, ou deixamos essa responsabilidade no colo de governos. Isso prova que estamos bem adestrados.



14. O ceticismo

Você é cético em relação a qualquer área da vida que não tenha sido "provado" ou validado pela ciência moderna. A própria essência da ciência é a investigação sobre o desconhecido. Por desacreditar ou ridicularizar experiências que outras pessoas têm, que ainda escapam da compreensão científica, como experiências de quase-morte, acupuntura ou os efeitos tratamentos alternativos de saúde, como o uso de ervas e chás para a cura de doenças tidas como graves, então você está reduzindo sua compreensão do mundo a uma estreita faixa de possibilidades.



15. O que aprendemos está correto?

Você nunca questionou a versão popularizada de história antiga e as origens da nossa civilização. Há muitas perguntas não respondidas sobre as origens da raça humana que apontam para uma versão diferente da história da humanidade que é ensinada na escola. Por nunca questionar o que nos foi dito sobre a nossa origem, estamos concordando com muitos dos sistemas de crenças impostas e visões estreitas do potencial humano que o mundo promove. Somos desestimulados a pensar desde pequenos.



16. A auto reflexão

Todos nós nos identificamos com alguns dos itens citados acima. Agora se faz indispensável uma reflexão a esse respeito, para avaliarmos a real valia disso tudo na nossa vida. No momento que resolvemos refletir seriamente sobre questões não convencionais, estamos desenvolvendo e exercendo nosso poder de libertação. 

No momento que admitimos que temos problemas, passamos a pensar nas soluções, o que por si só já é algo significativo, afinal como todos vimos acima, somos condicionados a não pensar criticamente, pois condicionar o nosso pensamento é a principal ferramenta de escravidão moderna.


Adaptado por David Alves de Noite Sinistra

Nenhum comentário:

Postar um comentário