domingo, 6 de dezembro de 2015

Carícias

Eles não eram o casal mais romântico - transar no escuro foi apenas uma ideia que tiveram para apimentar seu relacionamento. Ele foi até a casa dela, tarde da noite, enquanto seus pais estavam fora da cidade, e deitaram-se juntos na cama. Ela desligou o abajur, segurou suas mãos e começou a beijá-lo suavemente. O interessante sobre a escuridão é que ela aumenta os seus outros sentidos.


O som de sua respiração suave, começando a se acelerar.

O cheiro doce do perfume impregnado em seu pescoço.


O gosto de seus lábios e do sal em sua pele.


A sensação de unhas arranhando os seus ombros.


Os seus olhos se abriram, e ele percebeu que ambas as mãos ainda estavam firmemente unidas.


Nenhum comentário:

Postar um comentário