segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Paradoxo
















Autora: Beah Sykes

Olho para a janela da minha casa e vejo uma pessoa no corredor, distraído, percebo que atropelo alguém, com medo de ser responsável pela morte de uma pessoa corro para a minha casa. No portão percebo que estou sem as chaves. Na pressa, pulo o muro. Chegando em casa, olha pra a janela e vejo alguém invadindo a casa, logo depois ouço um barulho vindo da escada e o armário do corredor vem na minha direção não caindo em cima de mim por pouco.


Então eu subo as escadas correndo para chegar até meu quarto, pegar meu celular e ligar para alguém. Enquanto subo as escadas percebo uma pessoa subindo as escadas atrás de mim e jogo o armário em cima desse suposto invasor. Entro no meu quarto, pego o celular e desço as escadas. Me vejo empurrando o armário em cima de mim mesmo. Com medo saio correndo de casa. Na rua vejo minha chave, quando abaixo para pega-la, escuto um barulho, próximo a mim.

Olho pra frente e vejo um carro, que me atropela...

Eu estava dirigindo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário